Como evitar enjoos em navios

Todos a bordo! Viajar de navio tem tudo para ser um passeio divertido e relaxante. Entretanto, há quem perca algumas horas (ou dias!) de passeio por causa de enjoos. Isso rola porque, ao menos que você seja um navegante experiente, seu corpo não está acostumado com os balanços do mar.

Mas fique tranquilo! Existem algumas dicas que ajudam a amenizar até os piores enjoos. Segundo Dario Parazzoli, gerente de Vendas e Marketing da Costa Cruzeiros no Brasil, o corpo começa a se adaptar ao balanço do navio após as primeiras horas a bordo. Portanto, vale a pena tomar alguns cuidados especiais nesse período inicial. Depois, é só correr para o abraço!

“O ideal é que se evite ficar na proa (parte da frente do navio) assim que embarcar. Esse local costuma ter um balanço mais acentuado e pode incomodar”, conta Parazzoli. Aproveite as primeiras horas para explorar a área central da embarcação. Nada de ficar dentro da cabine! Nesse primeiro momento, o ideal é optar pelos espaços mais ventilados na área externa do navio.

Se o enjoo vier, tente olhar fixamente para o horizonte. Pode até parecer história para boi dormir, mas a tática de fixar a visão em algo estático contribui para reduzir a confusão entre os sentidos. “Outra dica legal nos primeiros momentos da viagem é se movimentar na mesma direção de deslocamento do navio”, afirma o profissional.

A alimentação também é um ponto importante na guerra contra os enjoos. O ideal é que, pelo menos no primeiro dia,  o passageiro  não exagere na quantidade de comidas ingeridas. O mesmo vale para as bebidas alcoólicas, já que elas comprometem o labirinto e tendem a provocar tontura. Em contrapartida, Parazzoli acredita que as frutas são uma boa opção para equilibrar o organismo. Alimentos sólidos, como massas e batatas, também são indicados.

Apesar das dicas práticas, uma das lições mais valiosas é não ficar sugestionado. Muita gente já embarca achando que vai ficar enjoado. Tirar essa ideia da cabeça não é difícil. Afinal, distração é o que não falta nos cruzeiros. Portanto, relaxe a aproveite.

Tecnologia também ajuda

Enquanto alguns passam mal, muita gente nem sente a diferença durante a navegação. Isso porque as embarcações mais modernas contam com tecnologias que ajudam a reduzir a movimentação causada pelo mar.

“Os navios mais modernos contam com sistemas de estabilização que diminuem quase que por completo o balanço nas laterais. Isso significa que o pender de um lado para o outro praticamente não existe”, explica o gerente da Costa. Portanto, aproveite os benefícios da tecnologia, respeite os limites e saia por aí desbravando os sete mares sem medo de ser feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *